um fim de semana em São Paulo / parte 02

Meu segundo dia em São Paulo começou bem cedo e o destino era a Japan House que fica localizada no começo da Paulista (caso vocês não tenham visto o meu primeiro dia na capital é só clicar nesse link gigantesco). Havia combinado de encontrar com a minha amiga Ingrid Marc do blog Prism Side na frente da Japan House, mas como eu sempre sou muito adiantada no horário, percebi que se pegasse o metrô chegaríamos muito cedo, então o Brayan com toda sua boa vontade de uma manhã de sábado preguiçosa concordou em ir andando comigo. O que no final acabou sendo uma excelente ideia já que no dia anterior tínhamos comprado um filme novo para nossa câmera analógica e estávamos ansiosos para fotografar  (o resultado vocês verão em um post separado).

Como estava um dia fresco optei por usar minha blusa de tricô de gola alta que apareceu aqui recentemente adquirida em um brechó e e que uso quando quero me sentir arrumada e quentinha, porém não estava tão frio assim quanto eu imaginei que estivesse por isso decidi levar minha jaqueta jeans amarrada na cintura já que não sabia até que horas ficaria pela rua.

Estava ansiosa para ir na Japan House, principalmente porque meu irmão havia ido uma semana antes a SP e comentou sobre o local. Fiquei encantada com a arquitetura do lugar e deu para ver o artista desmontando aquela icônica escultura feita de bambu. O local estava um pouco cheio, então descemos para tomar um café onde eu pude experimentar um café gostoso com direito a uma torta deliciosa de chá verde e sem sombras de dúvidas esse foi o ponto alto.

Depois de ficarmos explorando o lugar a minha amiga Ingrid nos convidou para ir conhecer a casa das rosas que é praticamente na frente da Japan House, o local é lindo apesar de não ter visto muitas rosas e imagino que isso se dê por conta da temporada em que viajei. Fico me perguntando o quão lindo deve ser aquele jardim todo florido e espero poder vê-lo um dia desta forma. A única coisa chata é que lá não dá para ficar fotografando a vontade com a câmera DSLR, porque toda hora vinha alguém perguntando se era algum ensaio fotográfico.

Casa das Rosas

Ao sair de lá encontramos com uma outra amiga minha que eu adoro que é a Janaína do blog Meu olhar mágico e ficamos tão felizes de ter nos encontrado que não tiramos uma foto se quer! O que é uma excelente desculpa para nos encontrarmos da próxima vez com direito a fotos maravilhosas viu Jana!

Nessa brincadeira de irmos nas duas casas (risus) já estava quase na hora do almoço, então fomos em um shopping que tinha por ali por perto e comemos em um lugar chamado croasonho que o Brayan descobriu e fico animadissímo para comer (acabou convencendo todo mundo) e estávamos famintas então vou ficar devendo uma foto dessa maravilhosidade que era aquele croasonho com cream chese!

Depois que nos despedimos eu e o Brayan fomos andando até a Augusta (sério andamos MUITO!) porque ele queria encontrar uma loja de patins, é claro que no final mal entramos na loja de patins e compramos muitas outras coisas pelas lojas maravilhosas que tem por lá. Sério. O Brayan teve uma sorte, porque conseguiu comprar uma calça em uma loja colaborativa e de pequeno produtor e de qualidade e na promoção! Já eu comprei um sapato da inboxshoes, que é uma marca que já acompanhava durante bastante tempo no instagram mas que nunca tive a oportunidade de comprar, bom…Até ir na loja em SP.

Voltamos para o Hostel para nos arrumar, afinal naquele dia eu tinha um propósito. Bom, eu já queria ir em São Paulo de qualquer forma (Brayan e eu já havíamos falado várias vezes sobre o assunto) e acabamos adiantando nossa viagem porque teria o encontrinho do Fotografando à Mesa (ou Isabella e Felipe, já que estão na transição de nomes) que é atualmente meu canal no youtube favorito. E se vocês não conhecem, deveriam conhecer pelo amor de dios! 

O intuito da viagem não foi ir apenas para o encontro deles, mas sim uma motivação para conhecer a capital. Fiquei feliz de poder realizar esse desejo que habitava dentro de mim. Acompanhar diariamente a Isa e o Felipe faz com que a gente crie um vínculo especial com eles, quase como se fôssemos presentes em suas vidas (mesmo não sendo). Então não poderia deixar de prestigiar esse momento e fico feliz de tê-lo feito, porque conhecer eles pessoalmente me fez ver o quão real eles são fora da vida online. Gente como a gente. O Brayan ainda adorou trocar uma ideia com o Felipe sobre fotografia analógica e eu fiquei feliz em aparecer no vlog de comemoração e do encontrinho ♥

Novamente, quando a vida está acontecendo bem na sua frente você se esquece de certas coisas. O meu esquecimento foi tirar uma foto, esqueci completamente de registrar meu encontro com a Isa e com o Felipe. Nenhuma foto (segunda vez que preferi viver e ver as pessoas do que fotografar). Ainda bem que eles são Dailyvlogs e que registraram esse momento, que vai ficar guardado na memória. E ainda tive a sorte de tomar a famosa acelorinha do vital! Só os entendedores, entenderão.

De novo,
Mais que a gigantesca Capital de São Paulo e tudo o que a cidade proporciona. Mais do que a pulsação de milhões de pessoas vivendo em sua correria, ou as lojas diferentes, ou as comidas diferentes. O que torna essa cidade tão especial e o que tornou essa viagem tão especial, foi a conexão com as pessoas da vida online na vida offline. Conhecer as minhas amigas blogueiras na vida real foi um presente e que tenho certeza que nos aproximou ainda mais. Por isso, espero poder voltar. Por vocês!

Sexta que vem sai o último post de SP e espero que estejam gostando de acompanhar nossa aventura até aqui.

com amor,
Clara Rocha.

 

17 comentários sobre “um fim de semana em São Paulo / parte 02”

  1. Quanta foto linda e que delícia de passeios! Já morei nos dois extremos da Paulista e meu passeio favorito da vida é andar de uma ponta até a outra da avenida. Fazia isso quase todo fim de semana, dizia que era meu calçadão de praia (hahaha) e na época ela nem fechava aos domingos. ♡

    1. Nossa juro pra você que se morasse em sampa sempre daria uma volta por lá de bicicleta, ou patins ou correr! Fica sempre muito cheio e divertido. ♥

  2. oie
    eu fico chateada comigo mesma toda vez que eu vejo um post sobre SP pq eu moro do lado e nunca vou, conheço nada de lá pff. inclusive, não conheço o japan house, mas conheço a casa das rosas. acho que fui num sarau lá uma vez {:

    eu adoro a edição que você faz nas fotos ♥
    bj bj

  3. Que delícia de fim de semana! Eu mal posso esperar pra conhecer SP também (quem sabe nos vemos por lá?! hahaha). Seus looks são sempre muito maravilhosos e seu cabelo…. AFF! Enfim, adorei o post. <3

  4. Ah queria ver mais fotos do Japan House. Pena que estava cheio…

    Que da hora! Adoro o canal do fotografando a mesa, esses encontrinhos são muito amor ♥

    Uau Clarinha sua viagem pra Sampa rendeu. Conheceu um monte de gente legal!

    1. Eu queria ter tirado mais fotos da Japan house, mas estava muito cheioe acabou que não consegui registrar tanto quanto gostaria. Da próxima vez, vou ficar mais atenta a isso e irei fazer um post com mais detalhes. Apesar de ter fotografado pouco no sábado, foi um dia que fizemos muitas coisas.

  5. Faiii miga! Que dias lindos! Ler esse post me dá uma saudade enorme de vc, nem acredito que nos conhecemos finalmente. Essa sensação de aproximação é maravilhosa e por mais que eu amasse várias fotos com você, sei que essa é uma desculpa pra nos vermos outra vez hehe! Em SP ou no RJ, tanto faz. Amei te conhecer e fico muito feliz de ter cruzado com você no #LenteCriativa em 2014 hehe que reviravolta né? Sou apaixonada por tudo que você cria e fico contando os dias pra posts novos aqui. Amo amo e amo! Xoxo <3

  6. Ai, SP! Eu adorava ir pra lá e sempre que leio algum post sobre a capital fico nostálgica… Que legal que você apareceu no vlog da Isabella e do Felipe! Vou lá assistir AGORA. Beijos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.