Os últimos filmes que vi

Boa noite de Domingo chuvoso ! Esse tempo maravilhoso do Rio, é ótimo para ficar vendo filmes e seriados, não é verdade? Dá uma preguicinha! hehehe. Por isso decidi fazer esse post, sobre os últimos 5 filmes que vi, eu ia escrever sobre cada um separadamente, mas decidi fazer em um post só, então aqui vamos nós…- Contém Spoilers!

1. Um dia: Sabe aquele filme que todo munda fala? E você se sente excluída do mundo porque nunca viu…Bom, um belo dia decidi ver o filme. A história se passa em torno de Emma e Dexter que se conhecem na faculdade no dia 15 de Julho e os encontros acontecem de tempos em tempos, enquanto o Dexter cresce na vida e a Emma que quer ser uma escritora trabalha de garçonete e insatisfeita. Acontecem muitas coisas e os encontros dos dois são a cada 15 de Julho. Nunca vi tanta dificuldade para o casal estar juntos. Sério. Ele : Fica rico, muito rico, fica viciado, se casa, se divorcia…Ela : pobre, insatisfeita, mora com um namorado, fica infeliz, manda o namorado pra fora de casa. E só depois de toda essa angustia ficam juntos…Confesso que fiquei espantada com o final, tipo “Depois de tudo isso ?”. Apesar de tudo isso, eu acho que é uma história real, sobre um casal real, mesmo ele sendo o galã famoso e ela a Geek estranha e insegura. Acho que a história é boa por isso, porque não é nada muito exagerado, eles são melhores amigos e se amam. O relacionamento deles vai se desenvolvendo e amadurecendo com o tempo e com as coisas que acontecem na vida deles. Só ainda não defini meu sentimento por esse filme.

 

2. A Menina que roubava livros : É uma adaptação do livro de Markus Zusak – que por sinal é um dos meus livros favoritos. Eu criei uma grande expectativa sobre o filme por causa disso, não é que o filme seja ruim…Apenas corta muita coisa importante que acontece no livro, e para todos que leram se tornou uma coisa frustante. Apesar disso tudo, e de todos os cortes, devo dizer que gostei de certo modo do filme. Os atores foram fantásticos e conseguiram transmitir e transformar toda a atmosfera do filme. Quando eu imaginei a Liesel parece que eu estava vendo a Sophie Nélisse, senti essa aproximação e até mesmo carinho pelos outros personagens. Outra coisa importante no livro é a narração da morte e como ela conta a história dos personagens, e suas artimanhas para ficar observando com curiosidade a vida de Liesel, mas no filme se torna apenas uma breve narração. E isso me incomodou muito. Como eu disse, não é que o filme seja ruim…É apenas que o livro é muito melhor e muito mais comovente. Se você gosta da 2 Guerra Mundial, vale a pena ler o livro. Sobre o filme, é algo que eu esperava mais. Bem mais.

 

3. Ela : (Pausa dramática…)Nem todas as palavras, poderiam descrever como eu me senti vendo esse filme. O filme se passa no futuro onde todas as tecnologias estão super avançadas, e Theodore compra um novo sistema operacional que possui uma super capacidade de organização além de parecer ser um humano e ter consciência própria, ter uma voz feminina (Narrada por Scarlett Johansson), tem um nome. Isso aí…Tem um nome, o sistema operacional se chama Samantha, e tem uma incrível capacidade de fazer seu dono Theodore, que está em um momento crítico da vida rir. Ele se apaixona por ela. E, o que poderia se tornar muito banal e até mesmo chato toma outro rumo. O filme desperta em você tantas sensações diferentes, que é até difícil colocar todas aqui. Ficaria um post mais longo do que já está. Uma coisa, eu falo…Veja o filme! É muito bom.

 

 

 

4. 12 anos de escravidão:Um filme agoniante. Eu em alguns momentos sentia meu coração pular. Dá para entender perfeitamente porque ganhou o Oscar de melhor filme, quer dizer, tudo nele parece estar em perfeita sintonia. A fotografia do filme é incrível, as músicas são excelentes, os atores sensacionais, a trama é boa. Nada no filme é ruim. Amei e ao mesmo tempo me senti triste por ter acontecido isso no passado, em uma escala muito maior e inimaginável. A história se passa em torno de Solomon, um escravo liberto que é sequestrado e vendido como escravo. O filme tem cenas impactantes. Não espere cenas espalhafatosas, muito menos cenas de torturas sádicas. O filme tem sim cenas muito duras, torturas, sofrimento, mas o diretor expõe isso de uma forma muito peculiar, harmoniosa, e até mesmo graciosa. Vale muito a pena ver esse filme.

 

 

Bom é isso pessoal, espero que tenham uma ótima noite. E, obrigado por quem comenta, e está sempre comentando e por quem ajuda a divulgar a página do Facebook, e se você ainda não curtiu, dê um like pra mim. haha

2 comentários sobre “Os últimos filmes que vi”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.