07. j u l h o : Que plot twist hein!?

Imagine que eu estive contando grãos de areia numa praia qualquer por um ano inteiro e de repente uma onda grande, não, não, uma onda enoooorme, me pegou desprevenida e me deu um belo de um caldo. Como eu gosto de mar e de onda, estou tentando ainda me recuperar do grande golpe com estilo e pegar um jacaré, né?! Já que estamos no mar, vamos aproveitar.

Continuar lendo 07. j u l h o : Que plot twist hein!?

05 & 06. m a i o e j u n h o : o que rolou nesses dois meses ?

Dois meses se passaram desde minha última publicação de resumo mensal, tentei me manter o mais positiva possível para que o meu retorno ao blog fosse rápido, evidentemente, não foi. O lado bom é que tive tempo para ressignificar tantas coisas, que esse tempo que me foi dado – embora, tenha-me sido imposto, acabou se tornando um presente do universo.

Continuar lendo 05 & 06. m a i o e j u n h o : o que rolou nesses dois meses ?

04. a b r i l : uma mistura de sentimentos

foto por Brayan Leão

Tenho uma amiga que é consultora de astrologia (se você quiser alguém para ler seu mapa astral no Rio ela é a pessoa certa) chamada Bárbara Brac e recentemente ela escreveu em seu instagram que  “nós seguimos olhando para dentro. Reflexivos e caminhando em busca de respostas. De discernimento (…)” & corresponde basicamente com meu mês de abril. Uma jornada interna. Mergulhei dentro de mim, tomei consciência de coisas e atitudes repetitivas que tenho com relação a mim mesma. Sinto que tive ápices de alegria no mês de abril, mas também tive momentos muito profundos e introspectivos, me isolando um pouco dos outros e em absoluto silêncio. Se eu pudesse definir abril em uma coisa palpável, seria uma montanha russa. Uma hora eu estava lá em cima, eufórica e outras lá embaixo extremamente introspectiva. Continuar lendo 04. a b r i l : uma mistura de sentimentos

03. m a r ç o : como você lida com as adversidades ?

Meu relógio marca 21:21 (pare o que está fazendo e faça um pedido) enquanto eu começo a decorrer o meu mês de março com vocês. Março foi um mês para me testar no mais profundo significado da palavra. Ao mesmo tempo que senti que vivi uma eternidade em março, também senti como se não tivesse conseguido colocar tudo que tinha em mente em prática (vide meu bujo que ficou tão largadinho no mês de março). E, já começo esse post com a pergunta : Como vocês lidam com as adversidades da vida ?